Turismo em Roraima | Viajar para Roraima

Roraima possui um grande potencial turístico, em especial no ecoturismo. Por se localizar no extremo norte do país, na parte setentrional deste e por fazer limites com três países sul-americanos, Roraima mantém estreitas relações comerciais baseadas no turismo com esses países, em especial a Venezuela. Os atrativos naturais em Roraima são os principais pontos turísticos do estado, em especial o Monte Roraima.

Arqueólogos de diversas partes do mundo têm forte interesse na Pedra Pintada, que é o mais importante sítio de tal ciência do estado. Nela, há inscrições de civilizações milenares que atraem a curiosidade de turistas e arqueólogos. Neste ponto, há pinturas rupestres, pedaços de cerâmicas, machadinhas, contas de colar, entre outros artefatos que indiciam a história da evolução humana, datados de quatro mil anos. A rocha é um monólito de granito com 60 m de diâmetro e cerca de 40 m de altura. Na face externa existem pinturas rupestres vermelhas que são até hoje consideradas um enigma para cientistas. Há também cavernas funerárias com até 12 m de extensão. A Pedra Pintada localiza-se em Pacaraima. O Monte Roraima, um dos lugares mais antigos do planeta, atrai diversos turistas de todo o mundo, entre aventureiros, cientistas, biólogos, antropólogos, esotéricos e místicos.

A Serra do Tepequém também é um dos atrativos turísticos do estado. Possui um riquíssimo artesanato em pedra-sabão e sua área é de livre exploração de diamantes. O local serve como prática de trekking (caminhada), até as cachoeiras do Paiva, Sobral, do Barata e do Funil. O platô é o ponto culminante de toda a Serra, onde se inicia a cadeia montanhosa que delimita as fronteiras entre o Brasil e a Venezuela. A serra do Tepequém conta com altitude média de 1500 m e está situada no município de Amajari. O terceiro dos principais pontos turísticos do estado é o Monte Caburaí. Geógrafos comprovaram que ele está situado a 70 km acima do Oiapoque, o que faz do monte o ponto mais setentrional do Brasil, tendo sido reconhecidamente convencionado nas Instituições Oficiais responsáveis pelas demarcações territoriais geográficas, como o Ministério da Educação e IBGE.

Sua culinária apresenta forte influência do estado brasileiro do Maranhão, apresentando também as características dos pratos amazônicos. O peixe é o principal produto usado em seus pratos típicos. São comidas típicas da região a tapioca, a farinha de mandioca, a paçoca de carne seca e o cuzcuz.

No futebol, Roraima abriga nove clubes relevantes, o Atlético Roraima, o Baré, o GAS, o São Raimundo, o River, o Rio Negro, o Náutico, o Progresso e o São Francisco. Há também clubes amadores: Norte Sport, Caranã, Tancredo Neves, Cambará, Racing, Guarani, América, Grêmio, Barcelona, Jockey, ABC, União, Tiradentes, Anauá, Brasil, Boa Vista, Atlético Iracema e União de Iracema.

Há dois estádios relevantes em Roraima: o Estádio Flamarion Vasconcelos e o Estádio Raimundo Ribeiro de Souza, ambos em Boa Vista. O Estádio Flamarion Vasconcelos, popularmente conhecido como Canarinho, pertence ao Governo do Estado de Roraima. Foi inaugurado em 6 de setembro de 1975, e inicialmente designado Estádio 13 de Setembro. Anos depois teve seu nome modificado em homenagem póstuma ao jornalista roraimense Flamarion Vasconcelos. Contudo o estádio é conhecido popularmente como Canarinho, por estar localizado no bairro de mesmo nome. O Estádio Raimundo Ribeiro de Souza, chamado popularmente de Ribeirão, também pertence ao governo estadual e possui capacidade para 3000 pessoas.

Fonte: Wikipédia



Destinos turísticos em Roraima

Imagem vetorial em formato de estrela Savana Amazônica

A Região Turística Roraima, a Savana Amazônica é composta por 5 municípios, caracterizada por possuir em sua maior parte territorial as savanas, belas cachoeiras e trilhas para os amantes do turismo de aventura, piscinas naturais e uma grande riqueza histórica e cultural predominante no centro histórico da Capital Boa Vista.

O município de Boa Vista é uma região riquíssima em belezas naturais, de gente interessante, de histórias, de lendas, de cultura, ritos e mitos. Boa Vista é uma terra da oportunidade, que nasceu no século 19, mas está aberta para o futuro com seu traçado urbano moderno, a cidade oferece diversas opções aos visitantes.

Seja um passeio de barco para conhecer a cachoeira da Serra Grande, ou Centro de Turismo, Artesanato e Geração de Renda, no Velia Coutinho, no complexo poliesportivo Ayrton Senna, a Casa de Petita Brasil, a Igreja Matriz e a Prelazia. Desfrute da culinária típica da região. Paçoca com banana, damorida, tacacá, mungunzá, tambaqui na brasa e outros pratos deliciosos estão a sua espera, para depois descobrir um pouco do gosto de Roraima, é hora de encantar-se com a fauna e a flora da região.


Imagem vetorial em formato de estrela Águas e Florestas da Linha do Equador

A Região Turística Águas e Florestas da Linha do Equador resume o que há de mais rico na Bacia do Rio Branco. As florestas tropicais são ícones da biodiversidade encontrada aqui. A Linha do Equador marca a localização estratégica de Roraima em relação às Américas do Norte, Central e Sul.

Ao Sul de Roraima, nos Municípios de Caracaraí, Caroebe, Rorainópolis, São João da Baliza e São Luiz do Anauá estão às florestas densas e os rios caudalosos. Ali estão as melhores áreas pesqueiras, onde o turista pode vivenciar a emoção da pesca esportiva com o máximo de conforto e comodidade em hotéis de selva especializados.

Sua fauna e flora podem ser contempladas em todo seu território, que abriga valiosas unidades de conservação como o Parque Nacional do Viruá, o Parque Nacional Serra da Mocidade e a Estação Ecológica do Niquiá, além dos majestosos rios Branco, Água Boa do Univiní e Catrimani, que dispõem de grandes espécies de peixes de couro e tucunarés, propiciando fisgadas incríveis em meio a uma paisagem indescritível.


Imagem vetorial em formato de estrela Monte Roraima

O Monte Roraima fica na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Republica Cooperativista da Guiana. Seus Tepuis [como são conhecidos suas montanhas e montes] chegam a 2.739m de altitude, conhecido por abrigar espécies endêmicas, berço de inúmeras lendas indígenas. Um dos lugares mais antigos do planeta ele atrai há séculos cientistas, biólogos, antropólogos, esotéricos, místicos e aventureiros, ávidos por escalar o enorme paredão de pedra e sentir o prazer de chegar ao topo.

Um cenário cinematográfico cercado pela flora variada, singular, além de reunir formações rochosas de milhões de anos espetaculares, que lembram o período dos dinossauros e cristais existentes no platô, sobre os quais se pode andar, sentar e meditar.


  • DDD(s) do estado de Roraima
  • 95

Demografia Roraima

Bioma: Amazônia

Densidade: 2,01 Habitantes por Km²

Gentílico: roraimense

População (em 2010): 450.479 Habitantes

Unidade Territorial: 224.301,040 Km²

Fonte: IBGE


Quer viajar para Roraima? Aproveite todas as informações de turismo que o Viajandar.com.br possui sobre os municípios Roraima para não errar! Qual a Viagem ideal para suas próximas férias? Qual a sua próxima viagem? Dicas para viajar com segurança e tranquilidade.

Previsão do tempo em Roraima


Descubra tudo sobre Roraima. Previsão do tempo Roraima. Localização Roraima. Para planejar sua viagem sem se incomodar com nada.



Maiores cidades de Roraima

» Boa Vista (284313 Hab.)
» Rorainópolis (24279 Hab.)
» Caracaraí (18398 Hab.)
» Alto Alegre (16448 Hab.)
» Mucajaí (14792 Hab.)
» Cantá (13902 Hab.)
» Bonfim (10943 Hab.)

» Pacaraima (10433 Hab.)
» Amajari (9327 Hab.)
» Normandia (8940 Hab.)
» Iracema (8696 Hab.)
» Uiramutã (8375 Hab.)
» Caroebe (8114 Hab.)
» São João da Baliza (6769 Hab.)

» São Luiz (6750 Hab.)


Hospedagem em Roraima


Pacotes de viagens em Roraima

Pacotes de Viagens em Roraima

Bandeira do estado de Roraima

Bandeira do estado de Roraima

Mapa de Roraima